sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Doação da fortuna de Mark Zuckerberg, dono do Facebook, é apenas uma estratégia financeira

Nesta terça-feira, 1 de dezembro, o executivo, Mark Zuckerberg, anunciou que doará 99% de suas ações do Facebook, para uma entidade filantrópica. As ações valem atualmente cerca de US$ 45 bilhões.

O que inicialmente pareceu uma atitude nobre, um ato extremamente caridoso, muda completamente de figura quando analisamos o contexto da situação.

A doação anunciada por Zuckerberg, será feita para fundação Chan Zuckerberg Initiative, da qual ele e sua esposa são os proprietários.

A Chan Zuckerberg Initiative, é uma Companhia de Responsabilidade Limitada (LLC, sigla em inglês). Isso significa, que ao contrário do que ocorre com as ONGs, a fundação não é obrigada a destinar todos os seus recursos para ações sociais.

As Companhias de Responsabilidade Limitada são bastante contestadas nos Estados Unidos, pois não precisam pagar impostos. Além disso, essas entidades podem fazer investimentos privados e doações políticas.

Na prática, a atitude de Mark Zuckerberg, se constitui em criar uma estrutura para deixar de pagar uma quantia astronômica de impostos, além de aumentar sua influência no processo eleitoral americano.