sábado, 14 de fevereiro de 2009

Xenofobia ou farsa?

foto de Paula Oliveira


Paula Oliveira, brasileira de 26 anos que vive na Suíça transformou-se no personagem principal de uma polêmica internacional.
A brasileira afirma ter sido atacada por skinheads numa estação de trem, em Zurique, enquanto retornava a sua casa, e devido ao ataque teria sofrido um aborto momentos depois. O corpo de Paula Oliveira foi mutilado, marcado com a sigla "SVP"(Partido do Povo Suíço), partido que já sofreu denúncias de xenofobia.
Tudo apontava para um ataque xenófobo e autoridades brasileiras já pressionavam as autoridades suíças para a resolução do caso, entretanto, ouve uma reviravolta no caso após as declarações de autoridades suíças de que a brasileira teria se automutilado e que ela não estaria grávida.
O caso é nebuloso, as declarações das autoridades suíças foram feitas mesmo sem terem nenhuma prova concreta e com as investigações em curso, a Suíça é um país conhecido por ter problemas com xenofobia e não tomar atitude contra isto.
É cedo para afirmar qualquer coisa, mas a opinião publica e principalmente as autoridades brasileiras tem que tomar cuidado com os próximos passos das autoridades suíças.