sexta-feira, 31 de julho de 2015

R$ 10 bilhões gastos, e a Baía de Guanabara continua poluída




Uma das principais promessas, do governo do Rio de Janeiro, para o legado dos Jogos Olímpicos de 2016, não será cumprida.

Apesar do compromisso assumido pelo ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, e dos R$ 10 bilhões gastos no projeto, a Baía de Guanabara não será despoluída à tempo para os Jogos Olímpicos de 2016.

Após vários estudos comprovarem que a Baía continua extremamente poluída, o atual governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, finalmente admitiu, que a promessa não será cumprida.

Mesmo com a evidente contaminação das águas, a organização dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, se recusa a mudar o local das competições, colocando em risco a saúde dos atletas que competirão no local.

A situação na Baía de Guanabara, evidência a irresponsabilidade e incompetência dos governantes brasileiros. Raramente as promessas são cumpridas, o dinheiro público é utilizado sem o menor compromisso com a sociedade.

É estarrecedor ver como tanto dinheiro é utilizado em um projeto que não demonstra nenhum efeito prático. Não existe órgãos competentes para fiscalizar e cobrar resultados.

Infelizmente, os Jogos Olímpicos de 2016, assim como foi na Copa do Mundo de 2014, servirá apenas para desvios estratosféricos de dinheiro público, sem deixar praticamente nada de positivo para sociedade.