segunda-feira, 30 de novembro de 2015

José Aldo pode assumir a posição de grande ídolo brasileiro

O Brasil está carente de ídolos à muito tempo. Para um país que já teve Ayrton Senna, Gustavo Kuerten (Guga) e Ronaldo Fenômeno, é difícil aceitar a falta de grandes ídolos no país.

Nos últimos anos, alguns atletas brasileiros conseguiram ser os melhores em seus respectivos esportes, entretanto, a falta de visibilidade de suas modalidades no Brasil e no mundo diminui as chances desses atletas se transformarem em grandes ídolos. Se encaixam nessa situação o craque Falcão do futsal, o ginasta Arthur Zanetti e surfista Gabriel Medina.

O último postulante a grande ídolo brasileiro foi o lutador de MMA, Anderson Silva, que defendeu o título de campeão mundial pelo UFC por 10 lutas consecutivas. Com o crescimento mundial do MMA, Anderson passou a ser visto como ídolo nacional, mas com a mesma velocidade que assumiu essa vaga, ele também a perdeu, assim que foi derrotado de forma bizarra por Chris Weidman e posteriormente com toda a polêmica com o caso de doping.

Com a vaga novamente em aberto, o Brasil passou a observar com bons olhos o lutador de MMA, José Aldo, que já defendeu o título de campeão mundial peso-pena do UFC por sete oportunidades.

A ascensão de Anderson Silva mostrou que o povo brasileiro gostou de MMA, mas quer ver um brasileiro no topo.

No dia 12 de dezembro, Aldo fará a luta mais esperada do ano no MMA, o adversário será o irlandês Conor McGregor. Devido a visibilidade que essa luta terá no Brasil e no mundo, uma eventual vitória de José Aldo poderá levá-lo ao posto de ídolo nacional brasileiro.