terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Máfia Italiana volta a mostrar força

foto de Roberto Saviano

As tentativas do governo italiano de extinguir a máfia na Italia parecem não surtir o efeito desejado. Mesmo após a famosa "Operação Mãos Limpas", realizada nos anos 90 com intuito de esclarecer casos de corrupção protagonizados pela Máfia, que culminou com centanas de mafiosos presos, além de 24 juízes e promotores assassinados durante as investigações, agora a mesma volta a aterrorizar a Itália.
Neste mês de dezembro vazou uma informação da polícia italiana de que a máfia pretende matar até o natal o escritor Roberto Saviano, autor do livro "Gomorra", que relata a brutalidade dos mafiosos.
Roberto Saviano é visto como um símbolo da luta contra o crime organizado, e por isso já vive escondido a mais de dois anos e com proteção policial 24 horas por dia. Muitos políticos já manifestaram solidariedade a situação de Saviano, que declara estar passando por momentos terríveis.
A preocupação das autoridades italianas é de proteger Saviano a todo custo para que o mundo não possa ver a força da máfia na Itália novamente, de modo que o caso repercutiu no mundo inteiro por conta do sucesso do filme que foi inspirado no livro "Gomorra".
A situação na Itália é preocupante, aos poucos a máfia recuperou seu poder e a população agora espera uma reação energética das autoridades, reação esta que é muito difícil de acontecer, pois ainda existem políticos envolvidos com mafiosos e outros que temem por suas vidas, lembrando que a famosa operação "Mãos Limpas" só aconteceu por esta ter sido uma manobra de políticos para tirar o foco das denuncias de que o Partido Comunista italiano havia recebido cerca de 4 milhões de dólares da KGB(serviço secreto da antiga União Soviética) na época da guerra fria.