sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

O mundo volta os olhos para Obama


A menos de 20 dias para a posse de Barack Obama muitos chefes de estado vivem a espectativa de saber quais serão as iniciativas do próximo presidente norte-americano.
Talvez nunca na história se viu o mundo criar tantas espectativas em um só homem. Obama terá que resolver a grave crise econômica mundial, que começou nos EUA, tirar os soldados do Iraque, mesmo com o clima ostíl que permanece no país, solucionar as questões com o Afeganistão, fechar o cerco para o terrorismo, fazer um novo acordo com a Coréia do Norte que voltou a produzir armas nucleares, entrar em acordo com o governo Cubano, país do qual o governo americano impôs várias sanções desde a revolução cubana, intervir nos conflitos entre palestinos e israelenses, lembrando que os EUA é parceiro de Israel, estas as questões internacionais, entretanto, Barack Obama terá que preocupar-se também com questões internas, como desemprego, infra-estrutura, segurança, dentre dezenas de outras coisas.
São muitas questões para serem resolvidas, muito difícil para qualquer chefe de estado do mundo, Barack Obama não tem muita experiência, é provavel que não tenha tanta bagagem para resolver todos estes problemas, mas parece que muitos estão fechando os olhos para isto, simplesmente esperam que Obama "salve o mundo".