quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

2009 vai ser quente no PSDB

foto de José Serra e Aécio Neves


O ano que antecede a eleição presidencial do Brasil irá esquentar o clima no PSDB. O que parece já estar virando tradição tem tudo para ocorrer novamente dentro do partido tucano. As ultimas duas eleições presidências marcaram o partido tucano por conta da grande disputa interna, que acabou culminando em derrota.
Para 2010 o grande nome para ser o candidato do PSDB é o atual governador de São Paulo, José Serra, entretanto o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, já demonstrou toda sua vontade de ser o próximo Presidente da República, deixando claro sua vontade de realizar prévias no partido neste ano de 2009.
Apesar da aprovação pública do governo Lula as pesquisas mostram que mesmo com o apoio do atual Presidente, ainda assim o PT não terá vantagem sobre o PSDB de Serra e Aécio, isto na teoria das pesquisas.
Mesmo com o favoritismo nas mãos o PSDB pode por tudo a perder se as prévias virem a ocorrer, esta disputa interna tucana é tudo que o PT precisa para ter tempo suficiente de fortalecer um nome para candidato.
Alguns líderes do PSDB atentos ao que pode ocorrer já fazem esforços para criar uma chapa única, com Serra a candito para Presidente e Aécio como Vice, entretanto a idéia não agradou o governador de Minas Gerais, que voltou a defender as prévias no partido.
O PSDB terá uma ano quente internamente, e caso não entrem em acordo para construção de uma chapa única estarão proporcinando alegrias aos petistas, que certamente saberão se aproveitar da situação. Parece que os tucanos ainda não ouviram aquela famosa frase, "A união faz a força".